terça-feira, 13 de agosto de 2013

8ª Conferência Missionária da ICE Jardim das Indústrias


Encontro das Igrejas Cristã Evangélicas da Região do Vale do Paraíba


QUANDO HOUVER UNIDADE DE FATO!




“para que todos sejam um, Pai, como Tu estás em mim e eu em Ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que Tu me enviaste”. João 17:21

            É interessante que o versículo acima citado Jesus compara a unidade do Corpo com a unidade da Trindade. Devemos ser um com o irmão como Cristo é um com Deus Pai, a unidade não é uma possibilidade, a unidade é uma ordenança. E qual o fruto dessa unidade? A crença do mundo em Jesus Cristo.
            É triste percebermos que os cristãos não têm mais o desejo de viverem a unidade dita por Cristo. Vivemos em uma sociedade isolacionista, onde as pessoas só querem cuidar dos seus próprios afazeres e manterem-se livres da presença de outros. A sociedade pós-moderna faz com que os interesses pessoais estejam em primeiro lugar, aliás, em único lugar. Já não há espaço para nos envolvermos com os sentimentos dos outros, já não temos “tempo” para esse tipo de coisa.
            É notório a nossa falta de interesse em momentos de comunhão uns com os outros. Nossa lista de desculpas é gigantesca e, na frente das desculpas sempre estará o “eu”. (eu não tenho tempo, eu não gosto de intimidade, eu não me dou bem com algumas pessoas, eu tenho mais o que fazer). Eu não sei quais são as suas desculpas, eu sei quais são as minhas.
            É possível mudar! Sim, isso mesmo, nós podemos obedecer ao que Cristo pediu, podemos ser usados para que a nossa unidade traga outros ao conhecimento do nosso Senhor Jesus. Podemos deixar o eu de lado, podemos nos importar mais com os outros, podemos negligenciar coisas fúteis em troca de um momento de comunhão. Podemos! Basta querermos.
            É poderoso o ensinamento do bom samaritano. Ele tinha todas as desculpas para não se importar com o moribundo a beira da estrada, pois ele estava em uma viagem, provavelmente de negócios. Isso era muito importante para ele, mas ele fez questão de “gastar tempo com outra pessoa”, enquanto os religiosos da época deram prioridade aos seus próprios interesses.
É linda a narrativa que está em Atos 2 sobre a primeira igreja, lá diz que eles viviam todos juntos, tinham tudo em comum, compartilhavam o pão de casa em casa e se reuniam no templo, para ser mais enfático o verso 42 diz que eles se dedicavam à comunhão. Que bênção! Eles perceberam a importância de estarem unidos, eles entenderam que o plano de Jesus é esse, e que só assim o mundo crerá que Ele é o Cristo.
Pr. Edilson Nunes

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

A VERDADE SEMPRE!




“... e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.
Jo 8:32

            Compreendo que muitas vezes somos coagidos a suprimir a verdade, outras somos seduzidos a subvertê-la e a inda outras vezes somos pressionados a mudá-la. Quando isso acontece? Muitas vezes.
            Em nome da amizade somos muitas vezes coagidos a concordar com coisas que não são verdades, para assim mantermos a amizade intacta, por exemplo, quando falamos de Cristo para alguém e a pessoa diz: “é, mais Deus é um só”, querendo dizer com isso que o Deus que ele tem aprendido na religião dele é o mesmo que temos servido na Igreja. Outras vezes subvertemos a verdade em favor de não contrariamos outros. A desculpa que damos para isso é: “Ah, deixe-o pensar do jeito que quiser”. Ainda em outras ocasiões somos pressionados a mudar a verdade pra agradar as pessoas. Se as pessoas são agradadas com mensagens “QUE NÃO AS COMPROMETE” então é isso que “sou muitas vezes pressionado a anunciar”.
            Por que estou falando sobre isso? Bom por uma coisa que me veio à mente essa semana com o Papa Francisco no Brasil. Primeiramente quero dizer que tenho um respeito pela pessoa do papa e por muitas coisas que ele fala, no entanto, a simples presença dele em nosso país aflorou algo que nós já sabemos; O Poder da Idolatria. Pessoas correndo atrás do papamóvel, querendo tocá-lo, levando crianças para que ele as tocasse, entre outras coisas. Não consigo ver isso e ficar quieto, é importante ressaltar que o Papa é apenas um homem como qualquer outro. Ele não está no lugar do filho de Deus e muito menos é Deus, sendo assim, ele não é digno de tudo isso que fizeram por ele. Vimos todos os dias o “culto a celebridade”, sim o papa foi mais notado do que o Cristo que Ele trouxe. A Bíblia é clara quando diz que Cristo cresça e eu diminua (palavra dita por João Batista), para não dizerem que não estou falando só do Papa deixe-me atirar pedras no meu próprio telhado, há Pastores, Bispos, Apóstolos que também precisam descer do pedestal que os homens o colocaram, pois dentro do contexto evangélico também está cheio de idólatras.
            A verdade, não está com o Papa, não está com o Bispo, Pastor ou Apóstolo, a verdade se encontra na Bíblia (Palavra de Deus) verdade incondicional e única, por isso, conhece-a e você estará liberto! 
Com amor, 
Pr. Edilson Nunes

Para Ser Discípulos de Cristo Devemos

 Aqui está o link para a mensagem pregada na ICE Jardim das Indústrias de Jacareí, no último Domingo 28/07/2013
Que vocês sejam edificados!!!

http://www.youtube.com/watch?v=0298y7ozmxI


http://www.youtube.com/watch?v=KXERUxkhMGU

quarta-feira, 10 de julho de 2013

DEUS ME AJUDA A CONFIAR EM TI.


“Confia no Senhor de todo o coração, e não no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará tuas veredas”.
Pv 3:5,6

            Como é difícil não confiar em nosso próprio potencial. Como é difícil desconsiderar nossa importância na obra de Deus. Como é complicado colocar o nosso coração longe do egocentrismo que ronda nossa alma. Confiamos cada vez mais em nós mesmos e desconfiamos ou pelos menos desconsideramos o Senhor. A nossa dependência tem sido cada vez mais da nossa mente, das nossas metas, dos nossos desejos e muito menos de Deus e do Seu Santo Espírito em nós.
            O texto acima nos convida a confiarmos totalmente em Deus, ou seja, em qualquer situação devemos depositar toda nossa esperança Nele. Lembro-me de Esther a rainha judia que quando foi falar com o rei a respeito de seu povo que estava correndo risco, pediu para que todo o seu povo se reunisse em oração e jejum em seu favor, para que Deus pudesse agir em seu favor e em favor do povo. Ela poderia humanamente ter “confiado no seu taco”, pois era uma das preferidas do rei. Lembro-me também de Neemias que depois de ouvir um relatório negativo a respeito do seu país resolveu em seu coração partir e reconstruir os muros da sua amada terra, mas antes se retirou pra orar e só depois foi falar com o “seu senhor”. Essas suas histórias revelam pessoas que não confiaram em seu próprio “potencial”, mas que se entregaram a Deus para que Ele pudesse usá-las, e o final de suas historias demonstram que Deus endireitou as suas veredas.

            Sei o quanto é difícil hoje em dia temos essas atitudes. Somos movidos por uma sociedade frenética que quer tudo para ontem, e muitas vezes nos envolvemos nessa avidez dos dias atuais e nos esquecemos de permitir e desejar que o Senhor haja em nós e por nós. Que tal uma mudança radical? Quero convidar você a confiar no Senhor e entregar tudo a Ele em oração. Quero também convidá-lo a perceber a ação de Deus em tudo e ver o fruto disso, pois Ele endireitará as suas veredas.
Pr. Edilson Nunes

sábado, 22 de junho de 2013

PROJETO DE VIDA.


“Também eu procuro agradar a todos de todas as formas. Porque não estou procurando o meu próprio bem, mas o bem de muitos, para que sejam salvo. Sejam meus imitadores como sou de Cristo”. I Co 10:33 - 11:1

            O que estamos fazendo com as nossas vidas nesse mundo? Li uma frase essa semana que diz o seguinte: “A ideia de que este mundo é um parque de diversões e não um campo de batalha tem sido aceita na prática pela vasta maioria de cristãos”. A. W. Tozer. Acredito que essa frase de Tozer realmente exprime o que tem passado no coração de muitos cristãos. Viver nesse mundo para glorificar a Deus já é alvo de muitos poucos. Os cristãos foram mais uma vez iludidos pela serpente, achando que basta ter um mero conhecimento de Deus e isso basta. Supor que o conhecimento de regras litúrgicas e participações em assembleias é o alvo maior daqueles que se dizem discípulos de Jesus é no mínimo uma afronta ao verdadeiro evangelho.
            O apóstolo Paulo escrevendo para os coríntios convida-os a entenderem que o propósito maior na vida daquele que foi alcançado pela graça de Deus é agora alcançar outros, vivendo então com o projeto de agradar menos a si mesmo e procurar o bem de outros para que esses cheguem ao conhecimento que leva a salvação, sendo assim, Paulo organiza o seu pensamento dizendo que é preciso imitá-lo, pois ele tem imitado a Cristo.
            Quero convidá-lo a uma analise sincera em seu coração. Você tem desejado glorificar a Deus em sua vida? Qual o seu projeto de vida? Paulo havia mudado o seu projeto de vida desde o momento em que ele teve um encontro real e marcante com Cristo, e você quando se encontrou com Cristo entendeu que o convite de Cristo é radical? Cristo não te chamou para assimilar regras religiosas, ele não tem interesse em cultos vazios, onde as pessoas não compreendem Sua Palavra e não encaram sua Missão. Cristo não quer que sejamos agentes passivos no Reino de Deus, ele deseja que sejamos imitadores Dele e então glorifiquemos o nosso Soberano Deus com nossas vidas.

Projeto de Vida = Glorificar a Deus com sua vida.
Pr. Edilson Nunes

Exemplo de Uma Igreja Missionária - Parte 3

video
Mensagem Pregada na Igreja Cristã Evangélica Jardim das Indústrias de Jacareí/SP em 16/06/2013

Exemplo de Uma Igreja Missionária - Parte 2

video
Mensagem Pregada na Igreja Cristã Evangélica Jardim das Indústrias de Jacareí/SP em 16/06/2013

Exemplo de Uma Igreja Missionária - Parte 1

video
Mensagem Pregada na Igreja Cristã Evangélica Jardim das Indústrias de Jacareí/SP em 16/06/2013

sexta-feira, 14 de junho de 2013

segunda-feira, 22 de abril de 2013

É DESUMANO


“Mas os covardes, os incrédulos, os depravados, os assassinos, os que cometem imoralidade sexual, os que praticam a feitiçaria, os idólatras e os mentirosos – o lugar deles será no lago de fogo que arde com enxofre. Está é a segunda Morte”. Ap. 21:08


Nos últimos dias temos visto um confronto muito grande dos homossexuais contra os evangélicos, os gays nos acusam de homofóbicos, o que não tem nenhum indício de verdade. Homofóbico é aquele que tem aversão e até mesmo pratica violência contra os “gays”. Um cristão jamais teria aversão e muito menos praticaria violência contra um homossexual. Nos discursos gays somos chamados de desumanos e acho que eles tem toda razão nessa acusação, veja porque:

Um dos sinônimos de desumano é “Anti-humano”, e é nesse sinônimo que eu gostaria de expor aqui com muito cuidado o meu pensamento sobre o problema suscitado nos últimos dias.

Quando pensamos historicamente podemos encontrar em muitos momentos da história uma “aceitação” do homossexualismo pela sociedade da época, por exemplo, na época dos gregos. A sociedade grega era tolerante com a prática homossexual. Se pensarmos na questão Sociológica, muitos estudiosos serão favoráveis à união afetiva homossexual indicando ser isso natural. Inclusive um estudioso nos últimos dias disse que o homossexualismo é uma naturalidade da evolução da raça humana. A Filosofia também acordará dizendo que é natural o ser humano ser homossexual. Daí vem a minha idéia em dizer que somos “desumanos”, pois o nosso parâmetro não está na História, nem na Filosofia, nem na Sociologia, o nosso parâmetro está na TEOLOGIA e teologia não é argumento humano e sim divino, por isso em certo sentido é desumano.

O padrão de Deus estabelecido dentro de uma relação sexual sadia é entre um  homem e uma mulher, portanto o que foge disso decidimos nos opor, não por não amarmos os “gays”, mas antes, pelo simples desejo de obedecermos o que é divino e não o que é humano.

Contudo é preciso que fique claro que assim como não aceitamos a prática homossexual como algo natural, também não aceitamos a poligamia como prática natural, não aceitamos o adultério como prática natural. Não aceitamos o que a Bíblia revela como pecado algo natural. Se isso para a sociedade moderna é ser desumano então eu me declaro desumano, pois não busco o que é aceitável pelos homens, busco o que é aceitável por Deus. 
Pr. Edilson Nunes

terça-feira, 26 de março de 2013

Jesus se Revela em Jerusalém - parte 3

video
Mensagem pregada na Igreja Cristã Evangélica Jardim das Indústrias de Jacareí no dia 24 de março de 2013.

Jesus se Revela em Jerusalém - parte 2

video
Mensagem pregada na Igreja Cristã Evangélica Jardim das Indústrias de Jacareí no dia 24 de março de 2013.

Jesus se Revela em Jerusalém - parte 1

video
Mensagem pregada na Igreja Cristã Evangélica Jardim das Indústrias de Jacareí no dia 24 de março de 2013.

Esse é o folheto que iremos distribuir na manhã do próximo sábado (30/03/2013)  em bairros próximos da nossa igreja. Aqueles que puderem participar estejam na Igreja às 09h.
Vamos lá semear a Palavra de Deus!!!